As aparências enganam. Nesse caso, as Maldivas Siberianas escondem suas verdadeiras intenções. Trata-se de um lago tóxico, onde restos de uma usina de queima de carvão são jogados.

Existem pessoas que preferem, ao invés de visitar Veneza e sua belíssima Basílica, destinos mais exóticos. Para este grupo, locais como a região de Chernobyl, na Ucrânia, mesmo com a intensa radiação são agradáveis para visitação. Um dos lugares em que a aparência esconde um perigo sem precedentes é chamado carinhosamente de Maldivas Siberianas. Próximo da cidade de Novosibirsk, a terceira maior da Rússia, um lago é destino de fotos encantadoras. Suas águas azul clara são um convite para qualquer visitante. Exceto pelo fato de que aquela água não é nenhum pouco natural. Altamente tóxica, ela é nociva a saúde humana por menor contato que seja, e sua criação também não tem relação com a mãe natureza. Foi o homem e a industrialização que produziram esse efeito.

maldivas-siberianas

Perto do lago apelidado de Maldivas Siberianas, encontra-se um centro industrial de geração de energia. A Siberian Generating Company é a detentora do lugar. E, para produzir eletricidade, a empresa queima carvão no processo. Os detritos desta reação são jogados no lago, que é usado para as mais incríveis fotos por sua cor azul turquesa. Essa cor na verdade, se deve a uma reação química de óxido de cálcio com os metais pesados deixados pela Usina. Assim, em uma única palavra, o lago na verdade é o local de rejeito industrial, sendo tóxico. Porém, essas não são suas únicas características, as pessoas que se aproximam do lago destacam o cheiro ruim, e aqueles que provaram da água notam o gosto de desinfetante.

No entanto, isso não impede que certos aventureiros e alguns turistas encontrem o Lago. É comum que cidadãos de Novosibirsk cheguem até o local de bicicleta ou de carro. Usando suas margens para um lanche, da mesma forma que os parisienses fazem no Jardim do Trocadero. Dado a essa popularidade, a Siberian Generating fez questão de informar que o lago não é apropriado para o banho. Tanto por sua água quanto pela faixa pantanosa que se encontra. Como seu fundo é arenoso, os aventureiros podem acabar presos na região, não conseguindo escapar e se afogando no processo.

maldivas-siberianas

No entanto, a empresa destacou que não há perigo de radiação, como é o caso da já citada região de Chernobyl. Embora isso não retiro o fato de que as águas podem causar alergias e problemas de saúde em quem encostar ou se banhar neste lugar. Por esse motivo, é aconselhável que todos aqueles que quiserem visitar as Maldivas Siberianas. Podem tirar fotos, mas mantenham uma certa distância para o bem estar. Ou então compre passagens para as verdadeiras Maldivas, ou o Caribe. E fica a deixa de que nem sempre os lugares mais perigosos tem este perigo estampado. A Floresta de Aokigahara no Japão, por exemplo, já tem seu ar soturno por natureza. Já aqui, o perigo fica a espreita, escondido de pessoas mais desavisadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.