Nenhum lugar reúne tantos artefatos de cunho sobrenatural como o Museu Oculto dos Warren. Localizado em Monroe, no estado americano de Connecticut, o Museu é o apêndice da casa de Ed e Lorraine Warren. E também é o lar da doce boneca Annabelle.

Provavelmente, você já viu alguns lugares bizarros aqui no Guariento Portal. Já falamos de Centralia, a cidade deserta na Pensilvânia. A Floresta de Aokigahara, no Japão, também chamada de Floresta dos Suicidas. Tem também Chernobyl, ou melhor a zona de exclusão do Acidente Nuclear. Porém, sem dúvida, o próximo lugar para entrar no catálogo de locais não apropriados para visita foi construído durante décadas por um casal. Localizado na cidade de Monroe, no estado norte americano de Connecticut, os pesquisadores paranormais Ed e Lorraine Warren construíram um derradeiro tesouro.

Pelo menos quando o assunto envolve o sobrenatural. São peças que os dois, no decorrer dos casos em que ajudavam pegavam para que assim esses objetos não fizessem nenhum mal. Ou então era simplesmente como uma forma de marcar um caso. São máscaras, roupas, pedras e objetos dos mais variados. Todos eles devidamente abençoados e guardados no Museu Oculto dos Warren. Aqui, é possível encontrar a boneca palco de uma série de filmes de terror, Annabelle.

 museu oculto dos warren
O Museu Oculto dos Warren em Connecticut (EUA). Local conta com estátuas empalhadas, artefatos egípcios, inclusive uma múmia. Além de muitos objetos envolvidos com feitiçaria e magia negra.

Com preguiça de ler toda toda a matéria Não devia, a não ser que você tenha medo. Mas, se mesmo assim você prefere um resumo do Museu Oculto dos Warren e de sua principal peça, Annabelle, então confira:

  • O Museu Oculto dos Warren está localizado em Monroe, no estado de Connecticut (EUA). Trata-se de um trabalho de décadas de investigação do casal paranormal Ed e Lorraine Warren. Juntos, eles reuniram centenas de itens usados em rituais de bruxaria e magia negra, e que contém energia negativa suficiente para alterar o comportamento humano.
  • São fotos, estátuas, máscaras, pedras e livros, cada um com sua história. Em casa caso que eles entravam, eles levavam algo para completar o seu Museu. Dentro das peças abertas a visitação, a mais impressionante em termos de lenda é Annabelle, a boneca de pano que levou a criação de três filmes de uma série paralela de Invocação do Mal.
  • No prólogo de Invocação do Mal (2013) a história da boneca é parcialmente contada. Uma mãe compra a boneca para a sua filha que está se formando, e que mora em um apartamento com uma amiga. Acaba se comunicando com o espírito e o permite que entre em sua casa. O casal então rapidamente informa que esse espírito não é benigno e leva a boneca para o Museu.
  • Para visitar o Museu Oculto dos Warren é necessário seguir a máxima. Não se pode encostar em absolutamente nada ali dentro. Além disso, um padre vai duas vezes na semana abençoar os artefatos, para conter o mal de cada um dentro do Museu.

Importante ressaltar, o Museu Oculto dos Warren é aberto para a visitação. Contudo, existem algumas precauções a serem tomadas. Primeiro, se em museus normais é proibido que o visitante encoste nas obras, no Museu dos Warren isso não é diferente. E é levado ainda mais a sério. Uma vez que, para os que acreditam, os objetos estão infestados de energia sobrenatural. E provavelmente, o visitante não vai querer levar um espírito agressivo de volta para a casa.

Por isso, é estritamente proibido encostar em qualquer coisa. Além disso, um padre local vai semanalmente benzer os objetos. Assim como a casa da família, uma vez que o Museu na verdade é um apêndice da residência. Antes de sua morte em 2019, Lorraine Warren vivia na casa e cuidava pessoalmente do catálogo paranormal de seu museu. Agora, a devida manutenção fica com o genro de Ed e Lorraine, Tony Spera. Que também é pesquisador do paranormal.

museu-oculto-dos-warren
Estátuas, cartas e fotos em estante no Museu Oculto dos Warren (EUA). Cada um desses itens, segundo dito pelo casal antes de morrer, tem sua própria história. E estão ali para selar o mal que representam.

Mesmo com a quantidade de objetos, nenhuma chama tanta atenção como a boneca de pano, Annabelle. Atualmente, e desde que foi levada pelos Warren ela se encontra dentro de uma caixa de vidro. Existem selos de proteção nas laterais da caixa, e avisos para os visitantes de que não se deve abrir a caixa de Annabelle. A história macabra dessa boneca começa no início do século XX. Em 1915, o escritor americano Johnny Gruelle (1880-1938) criou uma série de história infantis em que os personagens eram bonecas de pano, chamadas de Raggedy Ann. O sucessor da boneca se manteve nas décadas seguintes, se mantendo até meados de 1960. Anabelle é um espécime desse tipo de boneca, destinada especialmente ao público infantil.

Achando-a sem problema algum, ela comprou para a sua filha Donna, que aquela época morava com uma amiga de faculdade, Angie. O que a mãe e a filha não imaginavam é que a boneca não estava de certa forma sozinha.

Conta-se a lenda que uma mãe, em 1968, buscando dar um presente para a sua filha que terminaria o curso de enfermagem foi até uma loja e encontrou uma versão da Raggedy Ann. Achando-a sem problema algum, ela comprou para a sua filha Donna, que aquela época morava com uma amiga de faculdade, Angie. O que a mãe e a filha não imaginavam é que a boneca não estava de certa forma sozinha. Nos primeiros dias dentro do apartamento, Donna dizia que a boneca se materializava em cômodos distintos da casa e que rabiscos de escrita eram encontrados perto da boneca.

Achando que algo sobrenatural queria atenção e contato, Angie e Donna fizeram uma sessão espiritual por meio de um tabuleiro ouija. Com essa comunicação, as meninas tiveram a resposta de um espírito infantil, que se deu o nome de Annabelle. No contato, o espírito informou que havia morrido ainda criança, e que a boneca a pertencia. Vendo que a menina fantasma não trazia nenhum tipo de problema, Angie e Donna permitiram que o espírito pudesse se manter em seu apartamento.

museu-oculto-dos-warren-04.
Parte do Museu Oculto dos Warren (EUA) em 2008. Pequeno, mas sem sombra de dúvida, eu não passaria uma noite dentro desse lugar.

Esse “passe” que foi dado para o espírito foi o estopim para a parte mais aguda das manifestações sobrenaturais de Annabelle. Aos poucos, especialmente Donna foi sendo atormentada enquanto ficava em seu apartamento. Relatos de que arranhões apareceram em suas pernas, e era comum batidas nas paredes e nas portas durante a noite. Foi neste exato momento que, dado a fama do casal, Ed e Lorraine Warren foram chamados para averiguar a manifestação.

O espírito não humano buscava na verdade as meninas, e não a boneca.

Contando a história, Donna disse que havia permitido que a menina fantasma ficasse em sua casa. Rapidamente, o casal constatou que todas as manifestações não eram de um espírito humano. Mas sim de algo que jamais esteve sob a forma humana na Terra. O espírito possessor não entrou na boneca, como as jovens acreditavam, mas se ligava a boneca justamente para que chamasse a atenção de Donna e Angie e assim fossem notadas. O espírito não humano buscava na verdade as meninas, e não a boneca.

Rapidamente, o casal levou a boneca Annabelle para o Museu Oculto dos Warren. Ali, ela foi colocada, e até hoje se encontra em uma caixa selada. Porém, a lenda em torno de seu nome não terminou. Conta-se que um casal que certa vez visitou o Museu tirou sarro da boneca. Eles saíram e pouco tempo depois, antes de chegarem em casa sofreram um acidente de carro. Outros afirmam que é possível ver a boneca mexer de vez em quando, especialmente quando ela se torna a atração principal dos visitantes. Da mesma forma que fazia com Donna e Angie, ela busca chamar a atenção. Pois, em teoria, o espírito atrelado a boneca precisa dessa atenção.

museu-oculto-dos-warren
A Verdadeira Annabelle que deu origem aos três filmes da série spin-off de Invocação do Mal. Desde que chegou a casa dos Warren, a boneca tem sido presa dentro deste armário no Museu Oculto dos Warren.

Claro que essa é apenas uma das centenas de peças que os Warren guardaram durante todo o tempo em que trabalharam. Mas fica a dica: se acha interessante visitar, não vemos nenhum problema para você. Desde que não toque em nada, não caçoe da Annabelle e, na dúvida, leve um crucifixo ou coisa semelhante. Vale pecar pelo excesso do que pela falta dele quando se visitar o Museu Oculto dos Warren.

#Curiosidades #Filmes #Viagens #Turismo

5 comentários »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.