Conhecido como o Senhor das Secas e dos Ventos, Pazuzu é um demônio sumério. E, como o nome sugere, é responsável por pragas. No entanto, ele é o único que pode lutar contra Lamashtu, e assim ganha um papel de protetor de mulheres grávidas e recém-nascidos.

Pazuzu pode ser até um nome incomum para a maioria das pessoas. No entanto, para quem já viu um dos mais importantes longas do gênero do terror não. O Exorcista, de 1973 marca toda a configuração dos filmes de possessão demoníaca. Nele, uma jovem garota após brincar com um tabuleiro de Ouija é dominada por criatura das trevas. O que muita gente pode não saber é que o filme usa sim de uma entidade que era adorada em tempos bem remotos, mais exatamente pelo povo sumério. Em uma região que aparece nos primeiros minutos no filme, onde hoje é o atual Iraque. Anteriormente chamado de Mesopotâmia. Ali floresceu uma das primeiras populações com um sistema de escrita consistente.

Com preguiça de ler toda toda a matéria? Não devia mesmo, afinal, essa curiosidade é bem curta. Mas se quer realmente saber um resumo sobre Pazuzu, a criatura que deu Origem ao Filme O Exorcista de 1973. E que de fato era venerado na antiga Suméria, então veja:

  • Pazuzu era filho do deus sumério Hanbi, que depois também foi reverenciado na Assíria e na Acádia, depois que estes impérios agregaram a região da Suméria. A criatura é utilizada como o demônio que possui a jovem Reagan Macneil no clássico filme de 1973 O Exorcista.
  • Como senhor das secas, dos gafanhotos e dos ventos, Pazuzu era um criatura que, como o próprio nome diz, é demoníaca. No entanto, por mais que ele fosse o culpado por tais problemas, ela era a única força que podia lutar contra outra entidade, Lamashtu.
  • Lamashtu era uma deusa extremamente maligna, filha do deus Ano, o Senhor dos Céus. Seu comportamento maléfico inclua a ingestão de carne e sangue de bebês e de mulheres grávidas. Era por este motivo que a maioria dos sumérios usavam amuletos de Pazuzu especialmente em mulheres grávidas. Assim, manteriam afastadas todos os sortilégios de Lamashtu com a proteção da entidade dos ventos.
pazuzu exorcista mitologia sumeria.
Cena de O Exorcista (1973). No Iraque, o padre e arqueólogo Lancaster Merrin (Max von Sydow) encontra uma estátua do demônio Pazuzu, reverenciado na Suméria, na Acádia e na Assíria.

Os sumérios detinham um conhecimento particular sobre a astronomia e o ciclo natural. Tal como os Maias centenas de anos depois na América do Sul. E, também como era comum nestas sociedades antigas, seu mundo era regido por uma religião politeísta. Ou seja, um panteão de deuses que representavam basicamente todas as forças da natureza. No meio deste engendrado círculo de entidades, Pazuzu, filho do deus Hanbi era uma criatura de dois lados. Particularmente conhecido como um demônio, ele era o responsável por trazer pragas severas para as colheitas, assim como a seca. Como responsável pelo vento sudoeste, ele trás gafanhotos para as plantações. Algo que foi usado no longa posterior, O Exorcista II: O Herege.

Em termos de sua iconografia, a entidade é criada como uma junção de características humanas e animais. Normalmente, suas estátuas detinham a formação das mãos apontando uma para cima e outra para baixo. Algo que também é visto com Shiva no Hinduísmo, que representa a criação e a destruição. Ao todo, ele apresenta cabeça de leão ou cachorro, garras de uma águia, asas, cauda de escorpião e genitálias em forma de serpente. No entanto, por mais que o termo “demoníaco” seja atrelado a Pazuzu, e de fato, ele é considerado como um rei dos demônios de vente, ele ainda era utilizado de certa forma como um protetor.

pazuzu exorcista mitologia sumeria 01
Não é somente o longa metragem que teve inspiração na mitologia suméria. Arte conceitual do jogo Diablo 4 que mostraria uma estátua de Pazuzu.

Isso se deve ao fato que, mesmo com suas características malignas, existiam outros seres extremamente maléficos. Os sumérios acreditavam que a deusa Lamashtu, outra criatura das trevas, circundava as casas dos doentes e dos recém nascidos. Filho do deus Anu, o Senhor dos Céus, Lamashtu era conhecido por se deliciar da carne e do sangue dos recém-nascidos e das mulheres grávidas. Ela também pode trazer doenças e infectar rios e lagos. Por isso, uma espécie de amuleto ou placa de bronze era produzida para afastar o mal desta deusa, e, um dos desenhos era o de Pazuzu. Seja segurando uma placa ou como o centro do amuleto. Desta forma, Pazuzu acaba tendo um comportamento dúbio; sendo responsável por secas e estiagens, mas também ajudando as grávidas a terem filhos saudáveis. Uma vez que ele era o protetor contra os artifícios de Lamashtu.

Quer saber o que achamos do filme O Exorcista, que foi a base desta curiosidade? Então pode dar uma olhada na nossa análise.

Quer saber mais sobre mitologia, em especial as que tem um pincelada de terror? Então aqui vai algumas para você dar uma boa olhada.

Mesmo que o filme não seja tão bom, a Lenda da Mulher que Chora realmente existe no México.

Conhecido como um lugar Assombrado, a Floresta de Aokigahara no Japão é chamada de “Floresta dos Suicidas”. Ali, existem quem acredita que os espíritos vagam sem rumo.

6 comentários »

  1. Ele também aparece na série de Constantine. Na verdade, quem aparece é a Lamashtu, e depois ele vem… Não vou contar spoiler não. Mas é bem legal. Que pena que a série foi cancelada.

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Eduardo. Sem problema nenhum. Pode indicar seu site sem problema. E obrigado por ter gostado do Guariento Portal. Sei como é importante a divulgação de um trabalho que demanda tempo, pesquisa e vontade. Pode ficar tranquilo. E se quiser colocar outros de seus trabalhos que tenham ligações com os posts daqui, sinta-se a vontade.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.