Não será fácil nem mesmo para o mais potente dos computadores rodar Red Dead Redemption 2 no seu nível máximo. Prepara-se para fritar alguns equipamentos!

Demorou mais de um ano depois de seu lançamento para as plataformas de mesa Xbox One e PlayStation 4. Porém, o estúdio norte americano Rockstar Games (de GTA) finalmente lançou Red Dead Redemption 2.  Considerada a versão definitiva para o PC no começo de Novembro de 2019. Prometendo gráficos com uma realidade soberba, o título impressionou com o seu trailer. Já que rodava a 60 quadros por segundo e com resolução 4K. Contudo, tal sensação realista tem um preço, e nem todo computador rodará nestes mesmos níveis. Na verdade, até mesmo os mais poderosos terão que trabalhar dobrado . Caso o jogador almeje encontrar o faroeste com todas as configurações no máximo.

A NVidia, uma das empresas de renome quando o assunto é placas de vídeo colocou seus produtos em teste. O estudo foi realizado através da ferramenta de Benchmarking. Para o jogador ter uma interação satisfatória, é recomendado uma RTX 2060. Atualmente, esta placa é encontrada na faixa de R$ 1.900,00 até R$ 2.200,00. A Rockstar recomendava uma placa antecessora, a GTX 1060, de preços mais módicos também. Porém, é com a primeira placa que o jogos rodará em 60 quadros por segundo com uma resolução 1920×1080. Isso não chega perto dos gráficos que podem ser vistos em Red Dead Redemption 2.

red_dead_redemption_2_pc_graficos

Agora, se você possui disponibilidade orçamentária e ao mesmo tempo quer fritar um bife nos sistemas operacionais de seu computador, a NVidia recomenda a RTX 2080Ti. Trata-se de uma das placas mais poderosas da atualidade, girando em torno de R$ 6.200,00 até R$ 10.800,00. Mesmo com esta placa, Red Dead Redemption 2 não conseguirá rodar com todas as configurações no máximo. Logo, é possível dizer que o seguinte. Nenhum computador, por mais potente que seja conseguirá rodar o título com maestria que ele proporciona. Pelo menos no ano de 2019. Não quer dizer que seja ruim, nem que isso é a primeira vez que a Rockstar tenha feito.

Basta lembrar de Grand Theft Auto V, de 2015 para o PC. Naquela época, os jogadores tiveram problemas terríveis nas configurações de seus computadores para conseguirem aproveitar ao máximo o jogo de mundo de aberto. Passando meia década, e é possível verificar ainda hoje que o parâmetro gráfico utilizado pela Rockstar é um só. O jogo pode envelhecer, mas ele não terá cara de envelhecido. A lógica também se mostra adequada para a franquia Red Dead Redemption, que mesmo sem o seu monstruoso nível gráfico pode ser apreciado em outras plataformas. Como já mencionada, o segundo capítulo da franquia foi lançado para PlayStation 4 e Xbox One, com uma versão a ser lançada ainda para o Google Stadia.

Fonte: PC Gamer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.